No dia 07/12/13 a Sobreurbana realizou o primeiro Jane’s Walk Goiânia, na Av. Cora Coralina, como parte das atividades do Casa 7 Aberta. Além de depoimentos gravados em vídeo durante todo o passeio, realizamos um questionário com os participantes, cujo resultado trazemos neste post e acreditamos que seja uma boa forma de entender um pouco mais sobre esse fragmento da cidade. O Jane’s Walk é um projeto criado em 2007 em Toronto, sob forte inspiração do trabalho de Jane Jacobs. O objetivo dos passeios é levar as pessoas para as ruas para que elas conheçam melhor as cidades onde vivem. Abaixo, um registro sobre o passeio em Goiânia.

Foto by Júlia Mariano

Foto by Júlia Mariano

O questionário proposto trazia oito perguntas objetivas sobre a avenida e outras 2 perguntas sobre a experiência do Jane’s Walk. Foi unânime a satisfação com o passeio: todos responderam que o Jane’s Walk mudou a forma de se relacionarem com a cidade e que participariam de outros passeios, deixando como sugestões os seguintes itinerários: Praça Universitária; Rua 20, Centro; Campinas; Vila Cultural; Rua do Lazer. Essas sugestões refletem os lugares que são caros para as pessoas que participaram do passeio: são lugares pela cidade que, segundo elas, merecem mais atenção, reflexão, ação. E você, concorda que esses lugares citados precisam das nossas vozes e corpos pela rua? A Sobreurbana concorda e em breve fará um segundo Jane’s Walk Goiânia para lhes dar a oportunidade de dizerem tudo o que pensam sobre eles, estejam atentos!

Sobre a Avenida Cora Coralina, não houve surpresa nas respostas. A maioria das pessoas revelou que reconhece quando passa pela avenida mas que tem dificuldade de se orientar em relação a seus pontos referenciais. Perguntados sobre qual ponto de referência usariam para localizar a avenida, metade das pessoas citou a Universo, seguida da Praça Cívica, avenidas 84 e 85 e o Ed. Leonardo Rizzo. Também a metade revelou que usa a avenida somente às vezes e como local de passagem. Mesmo assim, não se sentem acolhidos transitando de carro, moto, à pé ou de bicicleta. Nem tão pouco usufruindo de suas áreas verdes. Por fim, a maioria disse que não acha a Av. Cora Coralina uma avenida típica do Setor Sul e que sua construção piorou a qualidade do bairro. Vários depoimentos ao longo do passeio trouxeram com saudosismo lembranças sobre tempos de qualidade vividos no Setor Sul. Mas também refletimos bastante sobre a nossa responsabilidade em fazermos a cidade que queremos, no cuidado com os espaços públicos e nas relações de vizinhança. Por fim, encerramos o passeio com um chamamento que repetimos aqui agora: precisamos nos mobilizar pela nossa cidade. Se você está insatisfeito sobre a forma como sua cidade está sendo gerida então você precisa se engajar pela transformação desse cenário. A cidade é o que nós fazemos dela. Faça você a mudança que você quer ver no seu bairro, junte-se a alguma organização que luta pelos direitos urbanos, junte-se a nós da Sobreurbana e vamos fazer uma Goiânia melhor!

Esperamos com a realização desse e dos próximos Jane’s Walks contribuir para o engajamento das pessoas pela cidade. Nossa intenção é levar as pessoas para a rua, para sentirem a cidade e conversarem sobre seus problemas e maravilhas. Acreditamos que essa é uma forma de conhecermos melhor o espaço em que vivemos e de nos fortalecermos enquanto agentes urbanos.