IMG_1967

Before I Die é um projeto de arte global que nos convida a refletir sobre nossas vidas e a compartilhar nossas aspirações pessoais num espaço público. O projeto foi iniciado por Candy Chang nas paredes de uma casa abandonada em New Orleans. Após a morte de um ente querido, a artista Candy Chang passou um longo período de luto e depressão profunda. A ideia da morte alterou-lhe por completo suas perspectivas do que realmente importava e desejou criar um mural que a lembrasse disso todos os dias, e queria também saber o que seus vizinhos e amigos desejavam da vida. Obteve permissão para pintar o exterior de uma casa abandonada no seu bairro e cobriu-a com tinta de quadro negro. De seguida escreveu repetidamente “Antes de morrer eu quero _______.” e deixou giz para quem quisesse completar a frase. No dia seguinte a parede já se encontrava totalmente preenchida. Publicou algumas fotos nas redes sociais e de imediato recebeu centenas de pedidos de pessoas que queriam reproduzir o projeto nas suas comunidades. Desde então, Before I die já foi apresentado em 30 idiomas e em mais de 65 países, incluindo várias cidades do Brasil.

IMG_1869

A ideia de trazer este projeto pela primeira vez para Goiânia surgiu após um convite do jovem artista Marcelo Dakí para fazermos uma proposta de ocupação artística que ampliasse as vivências dos visitantes da sua exposição Legião. Com a permissão do Museu de Arte de Goiânia, afixamos dois painéis gigantes em duas paredes pichadas junto à entrada principal do Palácio da Cultura. O resultado foi surpreendente e imediato, apresentando uma enorme adesão por parte de muita gente, independentemente da idade ou classe social. Sem qualquer tipo de censura, sem depredação, estas paredes que são constantemente fotografadas e limpas assim que ficam preenchidas, ecoam toda uma multiplicidade de sentimentos, desejos, ódios e reflexões que caracterizam os frequentadores daquele espaço público.

IMG_1954